Telefones: (011) 2638.0009 | 2619.5009
Saiba Mais Sobre Uroginecologia

Como posso saber se tenho infecção urinária?


Mulher

Você pode sentir uma pressão constante na região pélvica ou lombar. Pode haver micções dolorosas ou frequentes, com necessidade urgente de urinar muitas vezes com pouca ou nenhuma urina sendo eliminada. Muitas vezes há necessidade de urinar durante a noite. A urina pode também tornar-se turva, mais escura e/ou com odor desagradável. A presença de sangue na urina, febre com eventuais náuseas, vómitos e calafrios podem indicar uma infecção mais grave.

Por que algumas mulheres têm infecções recorrentes?

O corpo da mulher apresenta defesas que o protege contra as infecções. No entanto, é possível que haja uma ligeira alteração na capacidade do organismo para resistir à bactéria e evitar que a mesma penetre na bexiga, causando a infecção. Problemas de bexiga ou renais podem aumentar a susceptibilidade a infecções. Ter relações sexuais aumenta a chance de cistite em algumas mulheres. Além destes, pela proximidade anatômica, hábitos higiênicos errôneos propiciam a contaminação do trato urinário por microorganismos existentes no intestino, reto e região anal.

Após a menopausa os níveis reduzidos de hormônio estrogênio no corpo fazem com que os tecidos da vagina, uretra e bexiga tornem-se mais finos, sensíveis e menos resistentes, aumentando o risco de cistite recorrente. Infecções também são mais comuns durante a gravidez por causa de mudanças no trato urinário. Em muitos casos não existe uma causa aparente.

Estou em maior risco de infecção do trato urinário após cirurgias?

Um tubo chamado cateter urinário inserido no trato urinário durante ou após a cirurgia aumenta o risco de ter ITU. A retenção urinária também pode ocorrer após as cirurgias, e podem aumentar a probabilidade de infecção. São fatores de risco adicionais para ITUs: a idade avançada, o sexo feminino, o tipo de procedimento cirúrgico (principalmente as que envolvem o trato urinário ou proximidades), a presença de diabetes e a imobilização pós-operatória.

Como o meu médico sabe que eu tenho infecção urinária?

Exames de urina podem revelar a presença de leucócitos (glóbulos brancos), e/ou hemácias (células vemelhas). A cultura de urina pode ser realizada para determinar o tipo de bactéria que está causando a infecção, bem como o antibiótico apropriado para o tratamento. Exames adicionais podem ser necessários para verificar o sistema urinário, incluindo os rins. Estes exames são: a ultrassonografia de trato urinário (para ver rins, ureteres, bexiga e uretra), que avaliará possível presença de cálculos, abscessos, tumores ou cistos, bem como sinais de dilatação dos órgãos pelo acúmulo de urina; a cistoscopia, na qual a parte interna da uretra e da bexiga são examinadas usando-se uma câmera.

Rua Barão do Triunfo, 427 cj 1206 - Brooklin Paulista.
Edifício Next Office
Fones: (11) 2638.0009 | 2619.5009
São Paulo - SP CEP: 04602-001